Sociedade Espírita de Auxílio Fraternidade - Ijuí-RS [Criação do Site - 05/01/2005] - [Última Atualização - 31/10/2014]

Sociedade Espírita de Auxílio Fraternidade - Ijuí/RS
www.auxiliofraternidade.com.br


Departamentos


DIJ - Departamento da Infância e Juventude


Evangelização Infanto-Juvenil: Necessidade urgente!


Sinara Bridi Maieron

Diante de todas as turbulências sociais do dia a dia, em que a onda de violência e criminalidade de toda espécie tem aumentado as estatísticas de assassinatos, roubos, sequestros e corrupção, nos perguntamos, com frequência, o que será do futuro de nosso país e, consequentemente, da vida que nossos filhos irão levar ante a realidade estarrecedora que testemunhamos. Em alguns momentos, a vida nos parece tão cruel que perdemos a fé em Deus e passamos a acreditar que tudo está perdido.

Mas, em contrapartida a essa nuvem de negativismo que paira sobre nossas cabeças, a Doutrina Espírita tem esclarecido amplamente que atravessamos uma fase de transição planetária, onde a Terra se prepara para uma nova Era, de mais fraternidade e solidariedade entre os povos, trazendo-nos a esperança de um futuro estável.

Para nós, Cristãos, acentua-se, então, a necessidade de repensar os valores nos quais temos pautado nossas vidas e, principalmente, se estamos cumprindo nossas obrigações de pais comprometidos com o verdadeiro crescimento de nossos filhos, qual seja, o crescimento moral. Dentro desse contexto, devemos nos questionar se estamos, de fato, preparando as futuras gerações para fazerem parte dessa nova Era, como seres humanos mais integrais, mais justos e solidários, e que exerçam participação ativa no processo de renovação do planeta, como é de se esperar.

Além do provimento das necessidades materiais de seus rebentos, como alimentação, saúde, higiene e educação, compete aos pais uma missão especial: a de aproximar de Deus os seus filhos! E esse fato, infelizmente, é desconhecido da imensa maioria. Na verdade, os pais exercem, na Terra, o papel de depositários da confiança divina, por serem responsáveis pelo desenvolvimento saudável, pela formação moral e educacional de seus filhos, devendo empenhar-se ao máximo para bem cumprir o mandato que lhes foi confiado por Deus.

Assim, evidencia-se a grande importância da Evangelização Infanto-Juvenil no apoio que oferece aos pais na preparação dos futuros adultos que comporão o mundo de regeneração, por transmitir e consolidar, no íntimo dos seres ainda em formação, os valores sólidos da abençoada doutrina de Jesus Cristo, que, associados aos conhecimentos trazidos pelo Espiritismo, provocam a renovação profunda do Espírito, no momento mais propício a sua educação, que é a fase infanto-juvenil.

Nesse período especial da reencarnação, as tendências, os preconceitos e os atavismos que trazemos de vidas passadas estão adormecidos, justamente para permitir uma nova oportunidade de o Espírito recém reencarnado ser educado novamente e reformular os seus conceitos de vida, a fim de que se transforme para melhor.

É bem sabido que as crianças e jovens que frequentam as aulas de Evangelização Espírita Infanto-Juvenil tornam-se mais completos, tranquilos e amorosos, uma vez que os conhecimentos adquiridos permitem-lhes compreender não só o seu papel no mundo e o porquê da vida, mas, também, a olhar para o seu semelhante com os olhos da fraternidade, traduzidos em atitudes de compreensão e aproximação com Deus.

A criança Espírita aprende a não desenvolver preconceitos, a depositar a confiança em Deus em todas as oportunidades da vida, a acreditar no seu próprio potencial de realização e a sentir-se parte da criação divina, adquirindo, desde cedo, a noção de que deve aperfeiçoar-se a cada dia, desenvolvendo amor e respeito a Jesus Cristo.

O jovem evangelizado, por sua vez, torna-se mais feliz e seguro, porque se liberta das angústias e incertezas típicas da idade. Por compreender as leis divinas que regem a vida e a necessidade da reencarnação como provas do amor de Deus para com os homens, estabelece verdadeira relação de confiança na bondade divina e, por isso, naturalmente, vai afastando-se de comportamentos de risco, como os ligados às bebidas, às drogas e à criminalidade, e aprende a ver, no Mestre Divino, Jesus, o modelo e guia a ser seguido, o qual oferece socorro indistinto a todos os que batem a sua porta.

Por todas essas transformações e muitas outras que se processam na intimidade de cada coração que está sendo evangelizado, as quais são impossíveis de ser dimensionadas, é que urge sejam as crianças e os jovens encaminhados para as escolas de evangelização espírita, a fim de que aprendam, o quanto antes, acerca das realidades da vida espiritual e, assim, possam completar o seu desenvolvimento biológico, amparados pelas luzes do Evangelho do Cristo.

Desta forma, se desejamos um mundo mais justo, solidário e tranquilo para nossos filhos, compete-nos exercermos o papel que nos cabe e que Deus espera de nós, no encaminhamento dos filhos para a rota segura que lhes aponte uma vida de fé, esperança e amor que a Doutrina Espírita pode oferecer. E quanto mais cedo se der o início esse processo de aprendizado, melhor!

Matricular os filhos nas aulas de Evangelização Infanto-Juvenil é um ato de amor!

Fonte: www.caminhodedamasco.com

 

Texto original em: http://www.auxiliofraternidade.com.br/materialvw.php?cod=45

© 2005-2014 - Sociedade Espírita de Auxílio Fraternidade